A cada ano, a ciência avança na descoberta e no lançamento de técnicas e tecnologias destinadas ao tratamento da pele e dos cabelos. Em 2017 não foi diferente, mas como revela o dermatologista e coordenador do Departamento de Laser da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Renato Soriani (CREMESP 121.106), “Não são todos os tratamentos divulgados que possuem o devido valor científico e que podem ser realmente considerados eficazes e seguros”.
Em destaque nos mais importantes congressos e publicações científicas, nacionais e internacionais, da especialidade, durante o transcorrer deste ano, o dermatologista aponta quatro importantes tecnologias:

Microagulhamento Robótico: o agulhamento consiste em um procedimento de uso crescente na dermatologia durante os últimos anos, devido aos resultados positivos demonstrados, à sua segurança e à praticidade. Pode ser utilizado para promover o rejuvenescimento da pele e tratar uma variedade de problemas, tais como cicatrizes, estrias, melasma e queda de cabelo. “O uso de dispositivos que controlam de forma precisa a profundidade da penetração das agulhas em substituição aos rollers foi uma tendência observada nos últimos congressos”, segundo o especialista.

Ultrassom Micro e Macrofocado: o uso de feixes de ultrassom direcionados para alguns pontos das camadas profundas da pele, músculos e gordura se tornou o mais novo aliado da Dermatologia para o tratamento da flacidez na face, da gordura localizada e da celulite no corpo. Apesar da aplicação ser um pouco dolorosa, Renato destaca um incômodo mínimo, após o procedimento, com os resultados podendo ser percebidos após algumas semanas da realização do tratamento.

Criolipólise Tridimensional com Controle de Pressão: apesar do surgimento de novas tecnologias como o ultrassom macrofocado, o congelamento das células gordurosas ainda corresponde a uma opção eficaz para o tratamento da gordura localizada. “Os novos equipamentos de criolipólise conseguem distribuir as baixas temperaturas de uma forma mais homogênea pela pele, oferecendo um tratamento mais seguro para os pacientes”, pontua o dermatologista.

Tecnologias Capilares: a queda de cabelo está entre as queixas mais frequentes tanto de homens quanto de mulheres. Segundo Renato, em todos os casos se faz imprescindível uma investigação completa e precisa para definir a causa do problema. Após esse cuidado, alguns casos podem se beneficiar com o uso de tecnologias como microagulhamento, infusão de ativos com controle digital e fototerapia com lasers e LEDs, as quais consolidam a sua importância a cada dia.

O dermatologista alerta que as novidades devem ser sempre analisadas com muito critério. O sucesso e a segurança de um tratamento sempre estão relacionados a um diagnóstico preciso e à individualização da proposta. Segundo Renato, é fundamental procurar um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para conversar sobre estes tratamentos e avaliar se eles realmente estão indicados para os problemas que cada um apresenta.

Leia Também

Harmonia do sorriso

Harmonia do sorriso

Seguro saúde

Seguro saúde